Educação de jovens e adultos no contexto prisional:

Desafios, limites e possibilidades de uma escola de ensino fundamental e médio

Autores

  • Hercules Guimarães Honorato

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos. Pessoas Privadas de Liberdade. Ressocialização.

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar a educação de jovens e adultos no contexto prisional, a partir da observação da gestão pedagógico-administrativa de uma escola de educação básica localizada em um presídio em João Pessoa, avaliando sua efetividade na ressocialização. A justificativa deste estudo consiste no entendimento de que a educação abre as portas do conhecimento, em que pontes são erguidas para o desenvolvimento crítico do ser humano. Este estudo qualitativo contou com um questionário de cinco perguntas encaminhado ao diretor da escola. A escola, na prisão, deve ser um ambiente de liberdade de pensamento e um lugar onde o apenado se sentirá seguro. O seu papel no sistema prisional está em reconstruir a identidade perdida pela pessoa privada de liberdade e resgatar a sua cidadania tornando, assim, o ambiente das prisões um lugar menos doloroso e de direito daqueles que forem condenados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-03-07 — Atualizado em 2022-03-10

Versões

Como Citar

Guimarães Honorato, H. (2022). Educação de jovens e adultos no contexto prisional: : Desafios, limites e possibilidades de uma escola de ensino fundamental e médio. REVISTA BRASILEIRA DE EXECUÇÃO PENAL - RBEP, 3(1), 59-81. Recuperado de http://rbepdepen.depen.gov.br/index.php/RBEP/article/view/383 (Original work published 7º de março de 2022)