Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O autor que submeter artigo para publicação na RBEP assume o compromisso de não o submetê-lo a outra revista a não ser que o artigo não seja publicado no prazo de um ano.
  • O arquivo deve ser submetido em formato Microsoft Word ou OpenOffice.
  • A normatização é de responsabilidade dos autores.
  • Contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • Não indicação da autoria no manuscrito. Os dados gerais do (s) autor (es) como  nome completo, titulação, vinculo institucional, endereço, e-mail e ORCID devem acompanhar a submissão em arquivo separado.
  • Padrões de estilo e requisitos bibliográficos do texto descritos em Diretrizes para Autores.

Diretrizes para Autores

Os originais devem ser enviados por meio de submissão eletrônica pelo Open Journal System (OJS 3) no endereço: http://rbepdepen.gov.br na aba Submissões.

As contribuições em formato de artigo poderão ser apresentadas para o Dossiê Temático ou como Artigos submetidos em fluxo contínuo.

A RBEP publica artigos inéditos nos idiomas português (preferencialmente), espanhol, inglês e francês.

Também poderão ser publicados documentos inéditos, resenhas críticas, relatos de experiências, descrição de boas práticas e entrevistas com personalidades que possam contribuir para reflexões sobre temas relevantes à execução penal.

Os textos serão enviados e apreciados pelo Conselho Editorial quanto à sua adequação à linha editorial e pertinência quanto ao escopo editorial, e questões centrais da execução penal.

Tamanhos e formatação de páginas e fontes:

  • Tamanho da página deve ser o A4, com margem superior e esquerda de 3,0 cm e inferior e    direita de 2,5 cm.
  • O espaço entre linhas deve ser de 1,5.
  •  A fonte utilizada deve ser Times New Roman com os seguintes tamanhos: 16 cpi para o título, 12 cpi para o corpo do texto e 10 cpi para o Resumo, notas de rodapé e informações de tabelas e figuras.

Normas de redação para as citações:

  • As citações de até três linhas devem constar entre aspas, no corpo do texto, com tamanho e fonte utilizada. As referências bibliográficas devem ser indicadas entre parênteses: precedida do sobrenome do autor com letras maiúsculas, ano de publicação e páginas (WACQUANT, 2011, p. 11-14).
  • As citações diretas, com mais de três linhas, deverão ser recuadas em 4 cm da margem esquerda, fonte 10, espaço simples, e sem aspas.  
  • Como citar:  Um autor (FOUCAULT, 1998); dois autores (MOREIRA; ELMIR, 2010); três autores (JOSÉ; TORRES; FLANDOLI, 2017); quatro ou mais autores (SCHMITZ et al., 2009). Trabalhos com mesmo (s) autor (es) e mesma data devem ser distinguidos por letras minúsculas logo após a data.
  • Gráficos, quadros e mapas devem ser encaminhados no interior do texto, numerados e nomeados. Também deverão ser enviados em arquivos compactados em formato zip ou rar, de maneira que permita  edição e reprodução.

Referências bibliográficas:

Deverão ser listadas ao final do texto, em ordem alfabética, de acordo com a norma ABNT/NBR-6023 da Associação Brasileira de Normas Técnicas, conforme exemplos:

  • Artigos publicados em periódicos

SILVA, Roberto; MOREIRA, Fábio Aparecido. Objetivos educacionais e objetivos da reabilitação penal: o diálogo possível. Revista sociologia jurídica, 2009, vol. 1, p. 50-68. 

  • Artigos publicados em eventos

SCOTT, Ana Silvia Volpi. Uma proposta para o tratamento de fontes nominativas para o estudo da família: o exemplo dos registros paroquiais. In: XXIV Simpósio Nacional de História. História e Multidisciplinaridade, 2007. São Leopoldo/RS. Anais. São Leopoldo/RS: ANPUH/ UNISINOS, 2007.

  • Livros

GOFFMAN, Erving. Manicômios, prisões e conventos. São Paulo: Perspectiva, 1974.

  • Livros organizados

CAVALCANTE, Pedro; CARBONERA, José (Org.). Entre celas. São Paulo: Século XX, 2011.

  • Livros em coautoria

MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; ELMIR, Cláudio Pereira. Odiosos Homicídios: O Processo 5616 e os crimes da Rua do Arvoredo. São Leopoldo: Oikos Editora / Editora UNISINOS, 2010.

  • Capítulos de livro

MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. Recordações da Casa dos Mortos: Projetos Carcerários e Sociabilidades Prisionais (a Casa de Correção de Porto Alegre no século XIX). In: GAYOL, Sandra; PESAVENTO, Sandra. (Org.). Sociabilidades, justiças e violências: práticas e representações culturais no Cone Sul (séculos XIX e XX). Porto Alegre: Editora da UFRGS / Universidade Nacional de General Sarmiento, 2008, p. 57-88.

  • Teses

TORRES, Eli Narciso da Silva. A gênese da remição de pena pelo estudo: o dispositivo jurídico-político e a garantia do direito à educação aos privados de liberdade no Brasil. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, 2017.

  • Dissertações

ALMEIDA, Luciana Maria de. Nas trilhas do fazer e do saber a possibilidade de ser: os caminhos do trabalho e da educação na prisão. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Goiás (UFG). Goiânia, GO, 2009.

  • Citação de sites

SOBRENOME, Nome. Título. Nome do site, ano. Disponível em: <endereço>, acesso em: dia, mês e ano.

Os manuscritos que não atendam às normas de publicação serão arquivados.

 

Dossiê

Resumo em português e outro em inglês, francês ou espanhol e com até 900 caracteres com espaço. O resumo deve informar o objeto de pesquisa, justificativa, metodologia adequada e os resultados encontrados.

Palavras- chave: três palavras separadas por pontos. Também deve apresentar palavras-chave em outro idioma, assim como no Abstract.

Composição do texto: Introdução; Discussão; Conclusão e Referências.

O texto deverá ter até 50.000 mil caracteres com espaço, incluindo bibliografia e notas de rodapé.

Relatos de Experiências e Boas Práticas

Resumo em português e outro em inglês, francês ou espanhol com até 900 caracteres com espaço. Deve conter uma breve síntese do que será apresentado, uma visão panorâmica das experiências ou prática  executada no sistema penitenciário, além de explicitar o objeto, objetivo, metodologia adotada e os resultados encontrados.

Palavras-chave: três palavras centrais, separadas por pontos, que norteiam o texto. Também deve apresentar palavras-chave em outro idioma, assim como no Abstract.

Composição do manuscrito: Introdução, Justificativa (descrição dos fatos, etapas, atores, instituições envolvidas e os resultados alcançados); Conclusão e Referências.

O texto deverá possuir entre 15 e 22 páginas.

Artigos em Fluxo Contínuo

Política padrão de seção Dossiê.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão utilizados, exclusivamente, para fins de publicação e não serão disponibilizados para uso de terceiros.