Polícia Penal no Brasil:

realidade, debates e possíveis reflexos na segurança pública

Autores

  • Vilobaldo Adelídio de Carvalho CNPCP
  • Acácio de Castro Vieira Sinpoljuspi

Palavras-chave:

Polícias Penais. Brasil. Segurança Pública

Resumo

O presente artigo trata da questão da segurança pública e da criminalidade violenta no Brasil. A busca de alternativas para a questão merece ser discutida constantemente, tendo em vista a sua complexidade. O trabalho tem como objetivo debater sobre a criação das Polícias Penais no Brasil e possíveis reflexos na segurança pública e foi produzido por meio de pesquisa teórica, levantamento e análise de dados oficiais disponíveis. Nesse desiderato, inicialmente são apresentadas algumas considerações acerca da importância da polícia como instituição estatal de segurança pública; discutidos alguns pressupostos básicos que têm fundamentado o processo de criação e efetivação das Polícias Penais no Brasil e, posteriormente, discorre-se sobre as possibilidades de fortalecimento do Estado na segurança pública com efetivação das Polícias Penais no Brasil, inclusive, na questão relacionada ao enfrentamento às facções criminosas. Diante do cenário pesquisado fica claro o quadro de criminalidade violenta que atinge o país e a importância da efetivação das Polícias Penais como instrumento fundamental para a ampliação do Estado na garantia da segurança pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vilobaldo Adelídio de Carvalho, CNPCP

Licenciatura em Geografia (UFPI, 2005), Especialista em Geografia (UFPI, 2006) e Mestre em Políticas Públicas (UFPI, 2010). Especialista em Gestão Pública (UESPI, 2015) e Graduando em Direito (UESPI). Policial penal da Secretaria de Justiça do Piauí. Professor de Geografia na modalidade a distância da UFPI. Conselheiro suplente do CNPCP. Conselheiro titular do Conselho Penitenciário do Estado do Piauí. Vice-Presidente do Sindicato dos Policiais Penais do Piauí (Sinpoljuspi). Diretor substituto de Assuntos Educacionais da Federal Nacional Sindical dos Policiais Penais (Fenasppen)

Acácio de Castro Vieira, Sinpoljuspi

Bacharel em Direito (FAETE, 2010). Especialista em Direito Processual Penal e Direito Penal (CESVALE, 2019). Policial penal da Secretaria da Justiça do Piauí. Diretor jurídico do Sindicato dos Policiais Penais do Piauí (Sinpoljuspi).

Referências

BRASIL. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em 11 de outubro de 2019.

______. Lei nº 10.792, de 1º de dezembro de 2003. Altera a Lei no 7.210, de 11 de junho de 1984 - Lei de Execução Penal e o Decreto-Lei no 3.689, de 3 de outubro de 1941 - Código de Processo Penal e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.792.htm. Acesso em 11 de outubro de 2019.

______. Lei nº 11.473, de 10 de maio de 2007. Dispõe sobre cooperação federativa no âmbito da segurança pública e revoga a Lei no 10.277, de 10 de setembro de 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11473.htm. Acesso em 11 de outubro de 2019.

______. Lei nº 12.403, de 4 de maio de 2011. Altera dispositivos do Decreto-Lei no 3.689, de 3 de outubro de 1941 - Código de Processo Penal, relativos à prisão processual, fiança, liberdade provisória, demais medidas cautelares, e dá outras providências. . Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12403.htm. Acesso em 11 de outubro de 2019.

______. Lei nº 12.850, de 2 de Agosto de 2013. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/lei/l12850.htm. Acesso em 03 de dezembro de 2019.

______. Lei nº 13.964, de 24 de dezembro de 2019. Aperfeiçoa a legislação penal e processual penal. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/L13964.htm. Acesso em 11 de outubro de 2019.

______. Ministério da Justiça/DEPEN. Sistema Integrado de Informações Penitenciárias – InfoPen. Anos: 2004 a 2012. Disponível em: http://www.mj.gov.br/depen. Acesso em 11 de outubro de 2017.

______. Ministério da Justiça/DEPEN. Levantamento Nacional de INFORMAÇÕES PENITENCIÁRIAS – INFOPEN – Dezembro 2014. Disponível em: http://www.justica.gov.br/seus-direitos/politica-penal/documentos/infopen_dez14.pdf. Acesso em 03 de dezembro de 2019.

______. Ministério da Justiça/DEPEN. Sistema Integrado de Informações Penitenciárias – InfoPen. Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias Atualização - Dezembro de 2016. Disponível em: http://depen.gov.br/DEPEN/depen/sisdepen/infopen/relatorios-sinteticos/infopen-dez-2016-rev-12072019-0802.pdf. Acesso em 03 de dezembro de 2019.

______. Ministério da Justiça/DEPEN. Sistema Integrado de Informações Penitenciárias – InfoPen. Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias Atualização - Dezembro de 2018. Disponível em: http://depen.gov.br/DEPEN/depen/sisdepen/infopen/infopen. Acesso em 03 de dezembro de 2019.

______. DEPEN/Plano Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Disponível em: http://depen.gov.br/DEPEN/cnpcp-divulga-de-consulta-publica-do-plano-nacional-de-politica-criminal-e-penitenciaria/PNPCP220919.pdf. Acesso em 03 de dezembro de 2019.

______. Proposta de Emenda à Constituição (PEC 372/2017). Altera o inciso XIV do art. 21, o § 4º do art. 32 e o art. 144 da Constituição Federal para criar as polícias penais federal, estaduais e distrital. Disponível em: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2158716. Acesso em 19 de outubro de 2019.

______. EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 104, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2019. Altera o inciso XIV do caput do art. 21, o § 4º do art. 32 e o art. 144 da Constituição Federal, para criar as polícias penais federal, estaduais e distrital. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc104.htm. Acesso em 19 de janeiro de 2020.

Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2019. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2019/10/Anuario-2019-FINAL_21.10.19.pdf. Acesso em 19 de janeiro de 2020.

GUIMARÃES, Deocleciano Torrieri. Dicionário Técnico Jurídico. 6. ed. São Paulo: Rideel, 2004.

https://g1.globo.com/. Número de assassinatos cai 19% no Brasil em 2019 e é o menor da série histórica. Disponível em: https://g1.globo.com/monitor-da-violencia/noticia/2020/02/14/numero-de-assassinatos-cai-19percent-no-brasil-em-2019-e-e-o-menor-da-serie-historica.ghtml. Acesso em 15 de fev. de 2020.

PRODANOV, Cleber Cristiano & FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. – 2. ed. – Novo Hamburgo: Feevale, 2013. Disponível em: http://www.faatensino.com.br/wp-content/uploads/2014/11/2.1-E-book-Metodologia-do-Trabalho-Cientifico-2.pdf. Acesso em 19 de outubro de 2019.

SANTOS, José Vicente Tavares dos. Modernidade tardia e violência. In: LIMA, Renato Sérgio de, RATTON, José Luiz & e AZEVEDO, Rodrigo Ghiringhelli de (Orgs.). Crime, polícia e justiça no Brasil. 1ª ed., 1ª reimpressão. – São Paulo: Contexto, 2014.

SOUSA, Reginaldo Canuto & MORAIS, Maria do Socorro Almeida de. POLÍCIA E SOCIEDADE: uma análise da história da segurança pública brasileira. Disponível em: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2011/CdVjornada/JORNADA_EIXO_2011/PODER_VIOLENCIA_E_POLITICAS_PUBLICAS/POLICIA_E_SOCIEDADE_UMA_ANALISE_DA_HISTORIA_DA_SEGURANCA_PUBLICA_BRASILEIRA.pdf. Acesso em 11 de outubro de 2019.

Publicado

2020-09-03

Como Citar

Adelídio de Carvalho, V., & de Castro Vieira, A. (2020). Polícia Penal no Brasil:: realidade, debates e possíveis reflexos na segurança pública. REVISTA BRASILEIRA DE EXECUÇÃO PENAL - RBEP, 1(2), 273-297. Recuperado de http://rbepdepen.depen.gov.br/index.php/RBEP/article/view/artigos2

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##